segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Nostalgia

Nostalgia...
Que invade o meu coração...
Aperto invisível, contínuo,
Que suga sem perdão,
Sem trégua, sem compaixão.
Olhar perdido no horizonte,
Palavra ausente...
Sorriso por encomenda,
Saudade, desespero...
Do passado, do presente.
Nostalgia...
Sai e fecha a porta,
Desamarra o meu coração,
Leva contigo este sufoco...
Solta a minha alma,
Liberta-me pouco a pouco.
Nostalgia...
Deixa-me sonhar...
Deixa-me sentir a vida,
Não alimentes a ferida...
Aquece esta noite fria,
Liberta-me...
Deixa-me... nostalgia!

25 comentários:

Vera disse...

Querida amiga, este poema agora emocionou-me mesmo! É um dos poemas mais bonitos que já tive o prazer de ler! Um pouco triste, mas belíssimo! Parabéns! Estou realmente encantada contigo!

Milhões de beijos

C.Gameiro disse...

Olá Cacharel.

Para sentires novamente a vida e voltares a sonhar, evita a saudade, a nostalgia, ocupando o teu espírito, o teu coração com novas sensações e novas emoções!

Beijitos...

Estranha pessoa esta disse...

......
Que libertação tão ... mas, tão dificil.....
....
.........


Abraço enorme para ti **

Isto e meu...Silvia disse...

Lindoooooo....
Nem sei o que dizer.
E esta música o acompanha maravilhosamente.

Beijos :)

Plum disse...

Não podemos ficar presos à nostalgia do passado!Seguir em frente e continuar a nossa história!*

Teresa Calcao disse...

Ha festa no meu blog.....Estas convidada.......
Beijinho

MARIA VALADAS disse...

Que belo poema...

Que imensidão de palavras...
Pedes para a nostalgia te deixar...

Impressionante!

Sublime!

Beijo da
Maria

Maria disse...

Que poema tão bonito...
... mas tão triste, ao mesmo tempo...

Cacharel, só te posso dizer: LIBERTA-TE!!!

Deixo-te um beijo e um abraço apertadinho

Marlene Maravilha disse...

Deixa-me sentir a vida, não alimentes a ferida!
Assim deve ser nossa experiencia!
Poema lindissimo!
bjo

Alex disse...

Nostalgia...
Sai e fecha a porta,
Desamarra o meu coração,
Leva contigo este sufoco...
Solta a minha alma,
Liberta-me pouco a pouco.

LINDO!!!!

Queria só avisar que - e em virtude do bloqueio que o gmail fez aos meus blogues, não sei porquê - eu agora estou no Fundamentalidades - parte 3 (é só clicar ali em cima).

Meu novo mail: alex.gandum@gmail.com

Obrigado.

Amor Eterno disse...

A vєrđαđєirα fσrçα ηãσ έ α đσ мαr
   єηfµrєciđσ qµє tµđσ αrrєbєηtα,
    мαs siм α đσ rσchєđσ iмóvєl
      qµє α tµđσ rєsistє
      
        βєijiηhσs ♥

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Liberta-te a tu própria dessa nostalgia...
Temos de ter a força para isso!

q beijo =^.^= tarina

Lia disse...

Triste mas realmente belo.

Nostálgico, um querer partir e estar atado...

Beijinhos

suspiros disse...

Passando para agradecer a tua passagem lá no palavras suspiradas...
Aproveito para te dizer que gostei muito deste poema,ainda que triste está lindo...deixa que a vida te sorria;)
deixo meu beijo e meu sorriso:)

Vida disse...

Temos dias que estamos assim, nostalgia que nos invade, mas é essa nostalgia que te fez escrever este poema lindíssimo, são palavras tuas, minhas e nossas, quem nunca se sentiu assim?..
Obrigada pelas visitas e pelas palavras.

Beijos dos Açores.

Gaybriel disse...

Simplesmente lindo e profundo! Encontro nestas tuas palavras muito de mim... Passo por aqui para te deixar o meu beijinho e o meu sorriso, lembrar-te também que não te esqueci! Desculpa a ausência! Jinho grande.

Pierrot disse...

É impossível pois a nostalgia está em tudo que vemos, que ouvimos, que lemos e que sentimos.
A nostalgia faz parte de nós, do nosso tempo, do nosso passado e mesmo do nosso futuro.
Há que saber conduzi-la...digo eu,
e não eliminá-la.
Bjos daqui
Eugénio

}}cleopatra{{ disse...

Olá Cacharel!

Nostalgicamente belo!
Mas...
Abre as janelas do teu coração
Enxuga as lágrimas da tua solidão
Deixa que o sol te ilumine a alma...
Porque a vida não espera por ninguém!

Beijinho soprado

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Deixa a nostalgia partir, lembra-te que tudo que já vives-te e todos que já te rodearam ainda vivem hoje contigo, dentro de ti.
Adoro-te.
Desejos de bom fim de semana e uma semana cheia de luz em teu coração.
Bjokas mil e xi - corações.

david santos disse...

Olá!
Bom trabalho. Bela nostalgia!
Parabéns.

rosa maria disse...

Sublime nostalgia... :)
fica um beijo
(ex-reflexos de memória)

Carmem L Vilanova disse...

O sol sempre nasce amanha... e... felizmente é assim! :o)
Adoro saber disso e saber que o teu sol sempre está aqui a nos aquecer com tua ternura e teu carinho...
Beijos, flores e muitos sorrisos para ti!

o alquimista disse...

Noite, companheira na viajem ao fundo do lago azul procuro um anjo que veio dos mares do sul...

Doce beijo

Geo disse...

agradeço a visita ao cacetada fora de jogo :) volta sempre

Gostei do blog, voltarei.

visita tb se quiseres o
www.given-to-fly36.blogspot.com

bj

Maria disse...

Deixo-te um beijo de bom fim de semana...