domingo, fevereiro 11, 2007

Saudade


Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...
Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida ...
Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido...
(Pablo Neruda)

Neste domingo de referendo e muito cinzento, deixo-vos este lindo poema de Pablo Neruda. Para quem já conhece, estas são das leituras que vale sempre a pena relembrar e reflectir. Para quem ainda não teve a oportunidade de ler, um mimo de domingo para a vossa alma, que por vezes morre de saudades...

10 comentários:

Isto e meu...Silvia disse...

Cacharel...
Ta lindissimo...E com a música... Até fiquei arrepiada.
"A saudade é um lago transparente, a reflectir sempre a imagem da pessoa ausente."
Bigadinho pelo mimo:)
Desejo-te uma optima semana.
Beijos e :)))

Maria disse...

Lindíssimo, cacharel.
Neruda, um dos meus poetas prefderidos.
"O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido"...
Um beijo

pensamentos_vagabundos disse...

lindo....
e neste domingo te deixo um beijo vagabundo

o alquimista disse...

Lavei a alma com Neruda, matei a saudade visitando-te...

Corre a agua nasce a vida no embalo do tempo... Que seja sempre dia, nunca acabe o sentimento...

Puros sentimentos, lindo domingo para ti...

Mágico beijo

Presença disse...

Com muita saudade talvez...

Bjo

Teresa Calcao disse...

"Saudade é sentir que existe o que não existe mais"......e como eu o compreendo........
Beijinho

Brisa do Mar disse...

Olá adorei o perfume que deixas-te no meu cantinho, venho retribuir a visita e agradecer as tuas palavras, Muito Obrigada...
Já agora não vou embora sem dizer que adoro Pablo Neruda.
A saudade de hoje pode não ser a saudade de amanhã...
Beijokinhas

Vera disse...

Que maravilhoso poema! Estou arrepiada! Hipnotizada e sei lá mais o quê...
"O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido..." Realmente assim é!

Um beijo grande e uma excelente semana

Plum disse...

Já conhecia mas nunca é demais voltar a ler!Deixo-te um abraço!*

zuladairam disse...

para mim que gosto de Pablo Neruda... maravilhoso!
Parabéns.