quarta-feira, novembro 08, 2006

A luz do teu olhar


De repente aquela luz cintilante...
A lançar faíscas e coriscos
Olhar fulminante...
Que fulgura como um raio
Penetrante, quente, alucinante...
Me despe, me enfraquece
Me aquece, me arrefece...


Um arrepio, um suspiro...
Um momento de delírio,
Um desejo de eternidade,
Com teus olhos eu me delicio...

Aquece a alma gélida,
Ressuscita a esperança,
Fortalece o sonho e a vida,
Eu volto a ser criança...

A luz desaparece,
Fica a imagem luminosa,
Na mente envelhece...
No coração adormece...
A luz do teu olhar

Me acompanha na noite,
Me guia nos becos da saudade,
Esse olhar que me ofusca,
E me envolve em mistério...

Esse brilho estonteante,
Que me mata...
Que me salva...
Esse brilho incandescente,
Essa luz do teu olhar...

4 comentários:

rebelde disse...

Está mt bonito este texto... de facto o mais puro k existe no ser humano é o olhar... os olhos são o espelho da alma...

Bj... fica bem...

M.M. disse...

Olá Cacharel!
Devo dizer que se trata da primeira vez que venho ao blog, e que ele me conquistou.
"Um olhar vale mais de mil palavras", alguém o disse.
E eu acrescento: "Os olhos são a Luz da Alma".

Um beijinho:

M.M.

poemusicas disse...

Muitíssimo agradável encontrar tão belo e acolhedor canto. O teu blog é lindo. A poesia que li dis muito a mim, particularmente.

Um Beijo

Naeno

puma disse...

Cacharel
Encontrei nos seus poemas o
Mesmo que encontrei nos poemas
do blog Além Dos Sentidos...
"ALMA"
Não apenas encontrei
Mas, senti a sua.
"ALMA"
Ao ler o seu poema
Posso ver o seu olhar
Mesmo não vendo você
Posso sentir sua presença
Mesmo não estando aqui
Bjs......
.....................Adali